Sobre nós

CUTBRIK TOOLS, S.A., orgulha-se de ser, desde 1962, uma das empresas líderes mundiais na produção de serras e serrotes de arco.

O nosso principal objetivo é fornecer ao mercado uma completa gama de soluções de corte manual, garantindo o estatuto de qualidade desde o primeiro dia.

A utilização das melhores matérias-primas devidamente certificadas, aliada à mais avançada tecnologia, faz com que os nossos produtos sejam hoje mundialmente reconhecidos pela sua qualidade de excelência.

Sendo a qualidade do nosso serviço e produtos a principal preocupação, a CUTBRIK TOOLS, S.A., sob a marca CUTBRIK PORTUGAL, oferece hoje três diferentes gamas, com base na tecnologia e qualidade aplicada no produto: TOP QUALITY, STANDARD e BASIC.

A nossa capacidade e flexibilidade produtivas, permitem-nos, ainda, personalizar o nosso produto em função da necessidade dos nossos clientes. Produzimos diferentes cores, marcas e características técnicas de acordo com as suas exigências.

Queremos garantir que os nossos clientes escolhem o caminho mais simples...

Política da Qualidade

A Cutbrik Tools, S.A. tem como prioridade a busca permanente da excelência dos seus produtos e a satisfação dos seus clientes, fomentando a melhoria contínua dos seus processos, bem como o envolvimento e colaboração de todos, tendo por base o seguinte princípio:

  • Garantir a Satisfação dos Clientes, através da capacidade e flexibilidade produtivas, rapidez e personalização no apoio prestado.

Missão

Sermos reconhecidos pelo mercado como líderes de excelência, assente em valores como a experiência, a determinação, o compromisso e a confiança, cruciais para o êxito da nossa organização.

Visão

Sermos um exemplo positivo para a sociedade empresarial local e mundial.

Objetivos da Qualidade

  • Assegurar a melhoria contínua dos processos;
  • Promover a satisfação dos clientes e partes interessadas;
  • Manter relações mutuamente benéficas com fornecedores;
  • Garantir o envolvimento dos colaboradores.

Informação coorporativa

Conversão de valores mobiliários ao portador em nominativos

Identificação dos valores mobiliários: Ações.

Fonte normativa em que assenta a decisão: Lei 15/2017, de 3 de maio e Decreto-Lei 123/2017 de 25 de setembro.

Data da deliberação das alterações ao contrato de sociedade e demais documentos relativos à conversão dos valores mobiliários ao portador em nominativos e indicação do órgão deliberativo: Deliberação em assembleia geral de acionistas em 27/10/2017.

Data prevista para a apresentação do pedido de inscrição das alterações ao contrato de sociedade e aos demais atos sujeitos a registo no registo comercial: 02/11/2017.

Consequências: A não conversão dos valores mobiliários ao portador durante o período transitório, que termina a 04/11/2017, tem as consequências estatuídas no n.º 2 do artigo 2.º da Lei n.º 15/2017, de 3 de maio, e nos n.ºs 1 e 2 do artigo 7.º do Decreto-Lei n.º 123/2017, de 25 de setembro, ou seja, a proibição da sua transmissão e a suspensão do direito a participar em distribuição de resultados a eles associados, conferindo apenas legitimidade para a solicitação do registo a favor dos respetivos titulares.